segunda-feira, 13 de junho de 2016

Como esticar o salário e encurtar o mês, de Camilo Lourenço

Livro curto, lê-se rápido.
De 2009, em que inicia as possibilidades de poupança nas áreas mais permentes da vida quotidiana, nomeadamente habitação, alimentação, energia, transportes. As desmonstrações dadas são para um salário de 1.500€, diga-se de passagem um bom rendimento mas que não impede ninguém de ter dificuldades e dívidas, e que as dicas oferecidas poderão a judar a reduzir gastos e fazer um pé de meia. Infelizmente não me deu mais conhecimento do que aquele que já tinha e pratico.
Sinopse:
Um plano de poupança anual e investimentos, com base em sugestões e conselhos realistas e seguros.Está farto de chegar ao fim do mês sem um «tostão» no bolso? As dívidas não param de aumentar? Não sabe onde há-de arranjar mais dinheiro? Não consegue poupar?Pois bem, este é o livro de que estava à espera. O livro que o vai ajudar a resolver todos esses problemas. Num período de crise financeira e económica profunda, em que o desemprego não pára de subir e o aforro das famílias a baixar, Camilo Lourenço, jornalista de Economia, partilha consigo algumas recomendações e conselhos que o vão ajudar a Esticar o Salário e Encurtar o Mês.Sabe que se tiver cuidado com os seus gastos pode poupar o equivalente a 20% das suas despesas mensais? Pense no que isto significa se estivermos a falar de um orçamento de €1500 por mês.Com a ajuda deste livro vai reaprender a poupar. Um velho hábito que os portugueses esqueceram nos últimos 10 anos. base em sugestões e conselhos realistas e seguros. Com a ajuda deste livro vai reaprender a poupar. 
Boas leituras

domingo, 5 de junho de 2016

Loanda: Escravas, Donas e Senhoras, de Isabel Valadão

Livro pequeno, é suposto ser um romance mas de romance diria que tem pouco pois relata a vida, em Angola mais especificamente Loanda (futura Luanda), de duas mulheres durante o período que vai de 1637 a 1660 , do século XVII.
A história é nos apresentada separada, primeiro é contada a de Maria Ortega.  E segundo, a história de Anna de São Miguel, somente nesta última é que as duas se encontram e fazem parte do dia-a-dia de cada uma, e nós, leitores, percebemos o porquê de ser assim.
O melhor  mesmo é o contexto histórico dos quais destacam-se três eventos durante estes anos, restauração da independência portuguesa, que estava sob o jugo dos espanhois, conquista de Loanda aos Holandeses, e mais tarde a sua reconquista, mas além da parte histórica o quotidiano, relatando as condições da altura e o clima que enfrentavam.
Sinopse:
No século XVII, duas mulheres deixaram o seu rasto na história da cidade de Luanda. À sua volta teria gravitado um sem número de indivíduos, fidalgos, traficantes, degredados, escravos e libertos. Uns, foram personagens marcantes do seu tempo, outros, simplesmente anónimos no papel de figurantes, todos eles se fazendo parte de um específico contexto historiográfico da colónia angolana. Se existiram realmente ou se foram, apenas, o retrato fugaz de uma época, não há certezas, embora tenham perdurado de alguns vestígios de memórias escritas.» Através do retrato de Maria Ortega e Anna de São Miguel, a autora leva-nos até Luanda do século XVII, de encontro ao percurso, queda e ascensão dos escravos e exilados do reino português. Cruzando a História com um ritmo narrativo forte e surpreendente, Loanda é ainda marcada pelo tom biográfico de personagens que deixaram a sua marca naquele território. 
Boas leituras

sábado, 4 de junho de 2016

Pequeno Xaile Larkspur - update

Durante o fim-de-semana fui rematando as pontas que tinha e mostro como está.

 Tem de comprimento 108 cm e de altura, contando a sua parte mais bojuda o bico, 60 cm. E enquanto fazia fui vendo filmes vi The curse of the sleeping beauty e Jurassic world...

Bom fim de semana.

Casado até Quarta (The Weekday Brides, #1), de Catherine Bybee

Livro pequeno, de rapida leitura e agradável.
Relata a história de um conde inglês que procura uma noiva para poder ficar com a herança, e é uma das disposições de última vontade do testamento de seu pai, que vai sofrendo alterações a medida que vão sendo cumpridas. Após contactar uma agência para esse fim decide não aceitar as possiveis candidatas mas sim a própria gerente. E o amor começa.
Sinopse:
Blake Harrison: Rico, de boas famílias, encantador… e a precisar de uma mulher que se case com ele até quarta-feira. Blake pede ajuda a Sam, que afinal não é o homem de negócios que ele pensava. Pelo contrário, Blake depara com Samantha Elliot, uma mulher linda e arrojada com uma voz de fazer perder a cabeça.
Samantha Elliot:
Dona de uma agência matrimonial, ela própria não está disponível para o casamento… quer dizer, até Blake lhe oferecer dez milhões de dólares por um contrato de um ano. Não há nada de indecente na proposta dele e, além disso, o dinheiro vai ajudar imenso nas contas do médico da família de Sam. A única coisa que ela tem de fazer é guardar para si a atração que sente pelo marido e evitar a cama dele. Porém, é difícil resistir aos beijos ardentes de Blake e ao seu charme sensual são demasiado difíceis de resistir. O contrato de casamento previa tudo e mais alguma coisa… menos que se apaixonassem. 
Boas leituras

terça-feira, 31 de maio de 2016

Um estranho nos meus braços, de Lisa Kleypas

Livro curto e de rápida leitura, um romance agradável.
O herói é o máximo neste livro, tudo faz para conquistar a sua cara-metade, a heroína é retratada como sendo o epítemo da caridade, para com as crianças e os idosos, mas fria para com o marido.
Sinopse:
«Lady Hawksworth, o seu marido não está morto…». Lara não podia acreditar no que estava a ouvir. O seu marido, desaparecido há um ano num naufrágio, com quem tinha vivido um casamento infeliz e desprovido de amor estava vivo e iria voltar para casa. Como era possível? Lara não conseguiu controlar a emoção quando reencontrou Hunter. O homem frio e cruel que lhe atormentou a vida e só lhe deu dor, vergonha e humilhação no leito matrimonial. Agora estava ali. Mais magro, com a pele mais escura, mais velho… mas sem dúvida que era Hunter. Aquele homem conhecia segredos que só o marido podia saber, tinha a sua fotografia guardada numa pequena caixa, a mesma que ela lhe dera há três anos quando aquele partira para a Índia. Mas, ao mesmo tempo, era um homem assustadoramente diferente. Mais meigo, atencioso aos seus caprichos, decidido a reconquistar o seu amor, a fazê-la sentir uma mulher desejada e a esquecer as memórias tristes do passado. Mas será aquele homem realmente o seu marido ou um impostor a cujos braços Lara se entrega na busca da felicidade tão desejada?
Boas leituras

segunda-feira, 30 de maio de 2016

86ª Feira do Livro de Lisboa

Olá meninas, como estão?
Fui passear após o trabalho, dar corda ao sapatos pelo Parque Eduardo VII vendo livros e quiosques de refeições ^_^ . Não consegui resisitir aos livros cuscando todos os que vi e todas as bancas. Os preços infelizmente estão muito salgados por isso virei para os livros de bolso (faz algum tempo) em que três editoras têm se virado para este tipo de modelo (11x17), apesar de existirem livros de diversificados tamanhos.

São eles Casado até quarta, de Catherine Bybee; Loanda, de Isabel Valadão; e, por último, Jardim dos segredos, de Kate Morton. E não resisti a este saco, veio para casa comigo.
 Espero que estejam a LER pois prejudica gravemente a Ignorância.

domingo, 29 de maio de 2016

A mágica da arrumação, de Marie Kondo

Livro que espera resolver os problemas de organização de uma casa, e por reflexo, os da pessoa noutros niveis da sua vida. 
Retrata como lidar com a arrumação por categorias de artigos (roupa, livros, memorabilia, só para citar alguns), com todos os itens dessa categoria, e não por divisões como estamos acostumados a fazer. Essencialmente escolhendo os artigos através do lema "se faz a pessoa feliz" e a felicidade que sente fará com que saiba que são para manter em casa, com raizes na religião da sua autora, provavelmente. Tem ainda formas especificas para dobrar a roupa, para que fiquem de pé na gaveta (esta parte já fazia às t-shirts e tops, devido à quantidade que tenho mas não cheguei ao ponto de colocar por esquema de cor :) é só ter mais tempo) e agradecer à peça pelo usufruto da mesma aos objetos que já não nos fazem feliz e terão outro destino, seja ele doação ou lixo.
Agradecimento em xintoísmo , o que encontrei:
A natureza[fonte]
Há que reconhecer que o homem vive graças à natureza, a tudo quanto ela lhe fornece, pelo que a sua atitude deve ser de profunda gratidão e reverência. Mesmo quando a natureza se desenfreia, o ser humano é forçado a reconhecer que muito maiores são os benefícios que dela recebe. O homem, apesar de todo o seu avanço tecnológico, não possui poder pleno, e deve reconhecer a sua humildade, num espírito de coexistência pacífica.
Sinopse:
A Mágica Da Arrumação - A mágica da arrumação se tornou um fenômeno mundial por apresentar uma abordagem inovadora para acabar de vez com a bagunça. Aos 30 anos, a japonesa Marie Kondo virou celebridade internacional, uma espécie de guru quando o assunto é organização. Seu método é simples, porém transformador. Em vez de basear-se em critérios vagos, como “jogue fora tudo o que você não usa há um ano”, ele é fundamentado no sentimento da pessoa por cada objeto que possui. O ponto principal da técnica é o descarte. Para decidir o que manter e o que jogar fora, você deve segurar os itens um a um e perguntar a si mesmo: “Isso me traz alegria?” Você só deve continuar com algo se a resposta for “sim”. Pode soar estranho no começo, mas, acredite, é libertador. Você vai descobrir que grande parte da bagunça em sua casa é composta por coisas dispensáveis. Prático e eficiente, este método não vai transformar apenas sua casa – ele vai mudar você. Rodeado apenas do que ama, você se tornará mais feliz e motivado a criar o estilo de vida com que sempre sonhou.
Boas leituras