sexta-feira, 20 de Junho de 2014

Novas aquisições

Não são lindas estas cores?
Não resisti ao passar numa lojinha de chineses, foi uma pena não haver mais só em bege, cor lisa (semelhante aquele da bolsa que estou a fazer).

quinta-feira, 19 de Junho de 2014

Bolsa bege - continuação

Aqui está ela, as fotos foram tiradas no comboio infelizmente não ficaram grande coisa. Já tenho parte da aba feita para o fecho da bolsa, irei começar a fazer as casas dos botões.

terça-feira, 17 de Junho de 2014

Bolsa bege - continuação

Vai crescendo aos poucos, conforme o tempo que passo no comboio.
Ainda não me decidi como quero que fique. Primeiro pensei em colocar botões de madeira que ali tenho, são castanhos e com forma quadrada. Achei que faria um bom contraste e ficaria uma bolsa bonita. Ou talvez um fecho.

Que acham?

terça-feira, 10 de Junho de 2014

Problemas =)



Olá
Tenho andado meio ausente mas não parada, pelo menos não completamente. O meu computador apesar de velhinho tem sempre trabalhado. Ultimamente tem apresentado algumas falhas (como desligar-se sozinho, fazer tanto barulho que penso que vai arrancar tipo foguetão) e não tenho vindo aqui, a este meu cantinho, com tanta constância, devido a este problema. Como já tem 8 anos, já foi a arranjar e da ultima vez foi dificil arranjar peças para ele, espera pela reforma, mas nem sempre temos o que queremos ...
Actualizarei o que fui e vou fazendo, assim que me for possivel.

quinta-feira, 29 de Maio de 2014

One Hundred Names, de Cecilia Ahern

Procurar uma história para uma jornalista, não parece algo que seja facil de fazer, ou de construir, mas acho que Katherine devia estar habituada. Torna-lo numa obra de ficção, e depois neste livro, algo prazentoso de ler, melhor ainda.  Leitura fluida e algo contemplativa.
Fazer com que alguém entra em contacto com os outros, através de um pretexto, descobrindo-se a si própria, ao mesmo tempo que entra na vida de pessoas desconhecidas, e é, em contrapartida, tocada por elas.  Kitty anda perdida, ao longo da sua carreira perdeu uma parte de si e só agora, aquando da morte da sua amiga e editora chefe da revista, Constance, é que se apercebe disso. Mas o que perdeu, esqueceu? 
Muitas histórias em cada um de nós, esta é um mero exemplo.
Sinopse:
Journalist Kitty Logan's career is being destroyed by scandal - and now she faces losing the woman who guided and taught her everything she knew. At her terminally ill friend's bedside, Kitty asks - what is the one story she always wanted to write? The answer lies in a file buried in Constance's office: a list of one hundred names. There is no synopsis, nothing to explain what the story is or who these people are. The list is simply a mystery. But before Kitty can talk to her friend, it is too late. With everything to prove, Kitty is assigned the most important task of her life: to write the story her mentor never had the opportunity to. Kitty not only has to track down and meet the people on the list, but find out what connects them. And, in the process of hearing ordinary people's stories, she starts to understand her own.
Boas leituras